Lenda-Flor-do-Natal

Lenda da Flor-do-Natal

Conta-se que uma menina mexicana chamada Pepita era muito pobre e, nada possuía, para presentear o menino Jesus na noite de Natal. Enquanto ela e seu primo Pedro caminhavam em direção à capela do pequeno vilarejo, ela lhe falava da tristeza que tomava conta de seu coração. Para consolá-la, Pedro lhe disse: "Prima, tenho certeza que mesmo o mais humilde presente, se for dado com amor verdadeiro, será valioso diante dos olhos de Jesus."

Mais animada, Pepita dirigiu-se à beira da estrada, onde colheu folhagens comuns e arrumou na forma de um ramalhete. Mas, ao olhar aqueles ramos que iria levar como presente ao menino Jesus, sentiu-se novamente triste. Ao entrar na capela, enxugou as lágrimas e aproximou-se do altar.

Ao colocar os ramos ao pé do presépio, lembrou-se das palavras de Pedro e encheu seu espírito de amor. De repente, as folhagens verdes transformaram-se em flores de coloração vermelho brilhante. E, todos que presenciaram, tiveram a certeza de ter assistido a um milagre. A partir daquele dia, aquelas flores vermelhas ficaram conhecidas como flores da noite santa (Flores de Noche Buena) e, a cada ano, florescem durante a época do Natal.

Nota - Outra versão desta lenda conta que as flores surgiram do chão molhado pelas lágrimas de Pepita.

*    *    *    *    *
Blog Lendo & Relendo Infantil

Nenhum comentário: